Fábrica de Oskar Schindler

Fábrica de Oskar Schindler

Conhecida a nível mundial devido ao seu aparecimento no filme “A Lista de Schindler”, a Fábrica de Oskar Schindler (Muzeum Schindlera) faz parte da história do país pois seu dono empregou todas as suas forças para salvar o maior número de vidas durante a ocupação nazista na Polônia.

Quem foi Oskar Schindler?

Afiliado do Partido Nazista em busca de oportunidades de negócio, Oskar Schindler foi um hábil homem de negócios que foi recrutado pelas SS como informante, algo que o permitiu criar um vínculo com as altas esferas nazistas.

Durante a invasão da Polônia, Schindler adquiriu uma fábrica de panelas conhecida como Deutsche Emaillewaren-Fabrik. Como a mão-de-obra alemã era muito cara, decidiu selecionar seus trabalhadores entre os judeus que estavam no campo de trabalho de Plaszow.

A medida que conhecia mais detalhes sobre a maneira atroz como os nazistas tratavam os judeus, Schindler começou a se conscientizar e negociou para que seus trabalhadores pudessem se manter longe de Plaszow, dando a eles proteção em sua fábrica.

Chegou um momento em que a fabricação de panelas deixou de ser rentável, por isso deu início à construção de cápsulas de projeteis, dando uma ordem de que parte dessas fossem defeituosas.

Schindler conseguiu proteger os trabalhadores de sua fábrica para que não acabassem nos campos de extermínio, salvando mais de 1.200 pessoas.

A Fábrica de Schindler

Atualmente, a Fábrica de Schindler abriga uma exposição permanente intitulada “Cracóvia sob a Ocupação Nazi entre 1939 e 1945”. A exposição mostra a história da cidade desde o final de 1939 até a “liberdade” da época comunista na qual se viu submersa com o fim da guerra.

O percurso através da fábrica mostra exposições, reconstruções, imagens e sons capazes de transportar seus visitantes até o duro período que os judeus viveram na Polônia durante a ocupação nazi

Importante, embora melhorável

A Fábrica de Oskar Schindler é um dos lugares mais populares de Cracóvia e sua visita é imprescindível, devido ao seu importante papel na história.

O museu conta apenas com cartazes em inglês bastante dispersos e é complicado seguir o fio da exposição, portanto, se você quer curtir o museu a fundo, é recomendado visitá-lo com um guia.

Horário

De abril até outubro:
Segunda, das 10:00 às 16:00 horas.
Primeira segunda de cada mês, das 10:00 às 14:00 horas.
De terça a domingo, das 9:00 às 20:00 horas.
De novembro até março:
Segunda, das 10:00 às 14:00 horas.
De terça a domingo, das 10:00 às 18:00 horas.

Preço

Adultos: 24PLN.
Estudantes: 18PLN.
Grátis às segundas, exceto na primeira segunda de cada mês.

Transporte

Bonde: Limanowskiego, linhas 6, 13, 23; Bohaterow Getta, linhas 3, 9, 19, 24 e 50; Zablocie, linhas 11 e 20.